sábado, 15 de novembro de 2008

De mãos dadas

Esteja eu onde estiver, estaremos sempre de mãos dadas. Caminharás sempre comigo, não à minha frente, nem atrás de mim, mas sim a meu lado. E eu estarei sempre a teu lado, sempre. És parte de mim, mãe. Obrigada por tudo, por todos os conselhos, por todos os sorrisos, por todas as conversas, todas as lágrimas, obrigada por tudo. Tenho um grande orgulho em ti, na mãe maravilhosa que és, e sobretudo na Mulher fantástica que és. Sem ti, acredita, que não seria nada do que sei hoje.


Ao olhar para trás apercebo-me que se os anjos da guarda existem, o meu és tu. És o meu anjo da guarda que eu sei que nunca me abandonará. Sempre estiveste comigo, nos piores momentos da minha vida, tu estiveste lá a lutar comigo. E nos melhores momentos da minha vida estiveste lá a apoiar-me.
Dou por mim a sorrir só de pensar nas nossas maluqueiras, éramos tão felizes... Sem maldade nenhuma, só gostávamos de brincar e de nos divertir. E por coisa nenhuma fazia-mos uma enorme festa... Lembraste quando nevou no Entroncamento, e fomos beber chocolate quente à pastelaria Sta Catarina? E dos tralala's, lembraste? Em todas as minhas memórias estás sempre, sempre lá. E não só por seres minha mãe, mas sim por seres minha amiga, minha melhor amiga.


Eu sei que por norma toda a gente diz que "a minha mãe é a melhor mãe do mundo", mas a verdade é que tu és, realmente, a melhor mãe do Mundo. (Deste, e do outro). Nunca mudes, mantém sempre a tua forma de ser, sejas criticada ou não, isso é indiferente. Sê sempre genuína, como és. Eu gosto de ti assim do jeito que és.

Amo-te mãe,
sempre e para sempre.
És o meu tesouro.

1 comentário:

JU disse...

OBRIGADA ES A MELHOR FILHA DO MUNDO ADORO-TE SEMPRE FAZES PARTE DE MIM