domingo, 16 de maio de 2010

prometo

Prometo continuar a mostrar-te quem sou,
a dizer-te o que sinto,
o que quero.
Um dia hás-de saber-me de cor.
Prometo amor.

2 comentários:

Robin K disse...

Gostei muito

Otário disse...

lembrei-me daquele
trecho 'sei de cor...
cada traço, do teu rosto,
do teu olhar, cada sombra
da tua voz, e cada silêncio,
cada gesto que tu faças,
meu amor, sei-te de cor'!

na verdade, que é isso,
senão o amor universal.