segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

saudade




Nem sempre as palavras fluem à velocidade dos sentimentos e das emoções, e, mesmo que fluíssem, era dificílimo escrever a falta que vocês me fazem.

“A casa da saudade chama-se memória: é uma cabana pequenina a um canto do coração.”
Coelho Neto

6 comentários:

Mauro disse...

Ta bem ta bonito gostei tambem tenho muitas saudades vossas beijinho e abraço

Anónimo disse...

Linda... Tb tou com mts mts saudades. Mas temos matado um pouquinho dessas saudades quando nos vemos e falamos por estas novas tecnologias...lol
Te adoro mt...
Beijo Grande Tia Vera

Anónimo disse...

bem quem sou eu para falar em saudades ,saudades de quem ,não vamos falar não vamos pensar tu ate estas aqui sempre porque moras no meu coração adoro-te obrigada por seres assim beijo mae

Ju disse...

Tu es o meu anjo es parte de mim e eu de ti foste tu o melhor que a vida me deu a razao pela qual passei tantos anos bons da minha vida agora vejo te bem e fico feliz tambem tenho muitas saudades tuas minha princesa beijo adoro te muito

Fragmentos Intemporais disse...

Há sentimentos que nos aquecem o coração...

Lindas palavras, sentidas, intemporais, plenas de afecto!

Sérgio Franck disse...

Bonita saudade, bonitas pessoas...

Paz!