domingo, 8 de junho de 2008

Estou farta

Hoje vou apenas escrever.
Será que vais ler?
Será que vais sorrir? Agora, neste exacto momento?
Não sei e sei que estou farta.
Estou farta das metaforas, estou farta de ambiguidades,
mal de mim que ambígua sou.
Não quero falar do fado, não quero falar da saudade.
Não quero falar do pecado.
Não quero ter razão. Não quero estar errada.
Não quero saber da verdade.
Não quero rimar, nem escrever um soneto.

Hoje vou apenas escrever.
Mais nada.

1 comentário:

David disse...

Gostei do que li :)